AVs: Pesquisa mostra influência e atuação das assistentes virtuais

Estudo aborda o uso da tecnologia por parte da população e a influência das AVs  em tempos de grandes avanços tecnológicos.

As assistentes virtuais (AVs) vêm tendo um crescimento exponencial ao longo dos anos. Por ser algo recente, estudos referentes ao tema ainda são incipientes. Porém, evoluíram rapidamente nos últimos anos. 

Pedro Arthur Nogueira, cofundador e diretor de marketing da VJam, elaborou uma pesquisa sobre o consumo mediado pelas assistentes virtuais. O trabalho delas na mente das pessoas foi o ponto de partida para a survey

As AVs surgiram com forte potencial midiático, criando novas formas de interação e consumo dentro do ambiente digital.  Esse mecanismo está diretamente ligado aos algoritmos, administrados pela inteligência artificial.

Por meio da IA, os algoritmos determinam como será a relação dos usuários com as mídias digitais. Isso pode ser percebido ou não por meio das informações que recebemos e consumimos através das redes sociais.

Assistentes Virtuais 

blank

Com a evolução das AVs, boa parte dos sistemas operacionais e dispositivos possuem o recurso, permitindo a interatividade através da voz, como Alexa da Amazon e Siri da Apple

O crescimento acarretou a presença constante das assistentes virtuais na vida das pessoas, a fim de avaliar o comportamento dos usuários e a mediação das AVs, analisados por Pedro ao longo do estudo.

Relação dos participantes com a tecnologia 

blank

As mídias sociais fazem parte do dia a dia das pessoas, até mesmo dentro do marketing digital, auxiliando pequenos empreendedores, conforme apontamos recentemente. 

Por fazer parte da vida das pessoas, a relação dos participantes com as redes foi avaliada por meio de um formulário.

73% dos participantes acreditam ser bons usuários de tecnologia. 80,8% utilizam redes sociais como Instagram e Facebook diariamente. Sendo o WhatsApp a ferramenta mais acessada.

Dados referentes a compras online e sistemas operacionais também foram levantados. Cerca de 76% realizam compras na web com regularidade e 6% não costumam adquirir produtos pela internet. Quanto aos sistemas operacionais, 49,5% utilizam IOS e 48,1% possuem Android; sendo que uma pequena parcela utiliza ambos. 

Uso da ferramenta 

blank

38% dos participantes não utilizam as AVs, fazendo parte da rotina de apenas 7%; resumindo-se em utilizá-la para tocar músicas, mandar mensagens, entre outras atividades. Cerca de 41% deixam o recurso desligado. Porém, 31% dos usuários deixam a assistente virtual ativada, permitindo a interação. 

Compras, interrupção de atividades – permitindo função mediadora – e o uso delas para o humor também foram levantados ao longo da pesquisa.

Futuro 

blank

De acordo com Pedro, as assistentes virtuais ainda não atingiram grande popularidade. No entanto, possuem grande potencial midiático, podendo criar novas formas de interação e de consumo. Ele também acredita que os usuários estão auxiliando na melhora dos algoritmos, que têm como objetivo atender as necessidades de quem utiliza a ferramenta. 

Clique aqui e leia a pesquisa completa, disponível no portal Intercom. 

Se você gostou do conteúdo, compartilhe em suas redes sociais!

Continue acompanhando o nosso trabalho. Acesse nosso blog, onde você irá encontrar tudo sobre marketing digital! 

× Como posso te ajudar?