Opt-in: a forma de garantir que o destinatário está interessado no conteúdo

As estratégias de marketing estão avançando, mas é preciso assegurar o interesse de quem recebe o conteúdo. Saiba como garantir leads saudáveis com o opt-in!

Para que o marketing de uma empresa seja efetivo, um passo fundamental é seguir a entregabilidade. Contudo, para que esse passo funcione corretamente, é importante que a lista de e-mails seja o que chamamos de saudável. Assim, fica mais fácil criar uma base de leads eficiente e, até mesmo, aumentar a taxa de cliques e vendas da organização.

E uma ferramenta crucial para que isso ocorra é o conceito de opt-in. Essa concepção tem como base um fator importante, que é o cadastro do usuário e consentimento para receber informações via e-mail, principalmente.

Para que serve esse conceito?

O opt-in é uma permissão cedida por uma pessoa para entrar em uma lista. Em outras palavras, ele é uma forma de analisar que o destinatário tem total interesse em receber novos conteúdos da empresa. Por isso, contar com esse conceito nas estratégias de marketing digital da empresa é algo fundamental. Isso ocorre à medida em que ele evita que o e-mail seja feito sem a permissão do lead ou que seja um spam. Uma estratégia assim é mais eficaz do que comprar listas de contatos, uma vez que ela é criada de acordo com o interesse das pessoas.

LGPD e Opt-in

blank

Com a Lei Geral de Proteção de Dados em vigor, empresas que trabalham com informações devem possuir o consentimento dos respectivos clientes.

Sendo assim, uma vez que o opt-in é uma permissão por parte do titular dos dados, ele se torna obrigatório de acordo com a LGPD.

Por meio dele a empresa deve deixar claro e especificar o motivo de realizar o tratamento dos dados.

Tipos de opt-in

blank

Existem três principais tipos de opt-in que podem auxiliar nas estratégias de marketing em 2021:

  • Soft opt-in
  • Single opt-in
  • Double opt-in

O primeiro é a forma mais simples de fazer com que um visitante se torne um lead. Aqui, sempre que uma pessoa se inscrever em um formulário ou landing page, ele será inscrito também na lista de e-mails.

No soft, não é aplicado nenhum mecanismo de proteção quando é feita a conversão, porém existe o consentimento para o envio de informações.

Também considerado simples e parecido com o anterior, temos também o single. A principal diferença é que aqui o visitante deve marcar uma caixa de seleção que permite o envio de e-mails.

Por fim, existe a dupla confirmação, que é o último tipo possível. Ele é considerado como a estratégia mais segura uma vez que envia um e-mail de confirmação de interesse após a conversão em um formulário. De tal forma, a pessoa somente começa a receber informações da empresa após abrir um e-mail de confirmação e clicar no link enviado.

Agora, independentemente de qual estratégia utilizar, é interessante contar com uma opção de opt-out. Dessa forma, o lead pode pedir que seja retirado da lista. Essa ação é importante uma vez que o cliente pode perder o interesse pelo conteúdo. Assim, a empresa evita problemas com a empregabilidade, ponto crucial para um marketing digital efetivo.

Uma vez expostas as opções, veja qual é a mais agradável à sua empresa.

E, em caso de dúvidas, conte conosco da Virtual Jam, pois, quando o assunto é marketing digital, a VJam sabe!

× Como posso te ajudar?